Investimento social inteligente é a prática de tomar decisões com base em dados e indicadores sociais que revelem as necessidades e demandas para uma melhor qualidade vida em cada região do Brasil.

O que é Investimento Social Privado

O Investimento Social Privado (ISP) fortalece a relação entre entidades investidoras e seus stakeholders por meio de ações sociais. Diferente do conceito de caridade, o ISP se preocupa com a obtenção de resultados. Isto é, o ISP visa a geração de transformações sociais positivas, além do envolvimento da comunidade no desenvolvimento da ação.

Por meio deste texto, vamos compreender o que é Investimento Social Privado e trazer informações sobre a sua prática.

O que é investimento social privado

O Investimento Social Privado consiste na destinação voluntária e estratégica de recursos privados para fins de interesse público, como saúde, educação, cultura e redução das desigualdades. Empresas, fundações e institutos de origem corporativa ou institutos familiares ou de indivíduos são os principais protagonistas dessa prática. Nesse sentido, o que difere o ISP de práticas de cunho assistencialista, é a preocupação com o planejamento, o monitoramento e a avaliação das iniciativas sociais beneficiadas. 

Por meio desta ação, as organizações investidoras adotam uma postura mais responsável e cidadã. Logo, deve-se levar em conta seus stakeholders e as demandas da sociedade civil.

alex_so via Getty Images

Sendo assim, as organizações podem fazer esse investimento de algumas formas, incluindo

  • Investimento cruzado: onde a mesma empresa investe em duas ou mais iniciativas que contribuem com pautas socioambientais distintas e complementares na mesma região;
  • Co-investimento: onde investidores diferentes e com frentes de investimento distintas se unem para contribuir com o desenvolvimento de uma mesma região. Para isso, investe-se em iniciativas que contribuem com pautas socioambientais diversas e complementares.

Benefícios do ISP

A prática ISP, quando bem conduzida e monitorada, contribui para uma visão estratégica dos negócios, visando a sobrevivência da organização em longo prazo. Dessa forma, os investimentos sociais acabam sendo um caminho viável para a promoção da sustentabilidade, resiliência e capacidade de adaptação para todos os envolvidos. Além disso, investir na solução de demandas sociais permite uma maior valorização de mercado por parte dos consumidores e demais stakeholders. Outros benefícios da prática consistem em:

  • Redução de riscos: ao investir em iniciativas sociais, os investidores podem mitigar riscos socioambientais. Isso inclui a prevenção de conflitos com comunidades locais e a promoção de um ambiente mais estável e seguro;
  • Governança: a gestão eficaz do ISP promove o fortalecimento de práticas de conformidade e governança, possibilitando uma cultura ética e responsável dentro da organização;
  • Engajamento e retenção de colaboradores: ao criar senso de propósito e orgulho em trabalhar para uma organização investidora, o ISP permite uma maior retenção de talentos;
  • Vantagem competitiva: organizações investidoras podem se diferenciar no mercado, atraindo consumidores e parceiros mais estratégicos e que valorizam ações sociais.

Investimento Social e ESG

O ISP e o ESG operam em níveis diferentes e com focos distintos. Entretanto, se complementam na missão de promover um desenvolvimento sustentável e na criação de valor social para as organizações investidoras. De maneira geral, frequentemente alinha-se os investimentos sociais aos objetivos ESG.

Nesse sentido, o investimento social pode ser uma ferramenta para cumprir os objetivos do ESG. Ou seja, o ISP pode contemplar e maximizar as ações de ESG de longo prazo e integradas ao modelo de negócio. Dessa forma, a gestão eficaz e comunicação do ISP contribui para uma demonstração mais visível e imediata das ações sociais desenvolvidas. Isso acaba mostrando compromisso genuíno com a responsabilidade social. Além disso, organizações que são vistas como líderes em ISP, geralmente, também são líderes em práticas ESG, o que pode aumentar a confiança dos consumidores, parceiros e investidores.

Investimento Social Inteligente: o que é?

Pelo o ISP ser uma ação que requer planejamento, monitoramento e avaliação de resultados em todas as suas etapas, é fundamental que a sua condução seja orientada por dados. Ou seja, a efetividade de um investimento do tipo está intimamente ligada com a coleta de dados, sua transformação em informações e seu uso voltado ao bem-estar comum.

Um investimento social inteligente, portanto, é aquele que utiliza dados em todas as etapas do processo, maximizando os resultados obtidos. O uso de dados permite identificar, de maneira precisa, as necessidades e os problemas sociais enfrentados, por exemplo. Dessa forma, garante-se que as ações sejam direcionadas para um lugar com maior prioridade no momento. 

Além disso, o uso de dados para um processo de ISP eficaz permite decisões informadas, reduzindo o risco de escolhas baseadas em intuição ou suposições erradas. Outros benefícios, como maior transparência, assertividade na alocação de recursos e escalabilidade dos investimentos também são possibilitados pela aplicação de dados ao longo do ISP.

Leia também:

Mais recentes